VIDA DE MÃE

DEDO OU CHUPETA?

Lendo algumas coisas, vi que já está na hora de tirar a chupeta do Tutu, depois vi que não, ainda é cedo e mais tarde ela pode ser tirada na base do acordo.

E aí? O que está certo? O que devo fazer?

Eu sei o quanto é difícil largar a chupeta, fui refém dela por muito tempo e isso me rendeu 7 longos anos com um sorriso metálico, idas ao dentista, manutenções dolorosas e muita chatisse.
Por outro lado, vejo o quanto "a tal" ajuda na hora de tranquilizar o Tutu e na hora de dormir. Ele não é fissurado na chupeta (Graças a Deus), mas recorre a ela nos momentos de tensão e sono. Ele também não pegou o dedo (ufa), o que, acredito, seria muito mais complicado.
Hoje, a chupeta está sendo usada como um objeto de referência na hora dele dormir e tem dado certo, então não penso em tirar tão logo.
Lendo uma matéria da Revista Crescer de junho, vi várias opiniões de mães que preferem que o filho chupe chupeta do que o dedo. É, sem dúvida, tirar o hábito da chupeta é mais fácil do que o do dedo, então elas criaram táticas para que eles largassem o hábito, ou mudando o foco, oferecendo um substituto (paninho ou mesmo a chupeta) ou até explicando o porquê é ruim chupar o dedo (no caso dos mais velhos).
Na matéria, uma pediatra diz que é normal a criança chupar o dedo ou a chupeta, mas que esses hábitos precisam ser abandonados até os 3 anos, quando a arcada dentária começa a se desenvolver. Ela também diz que uma conversa, uma negociação, conseguem fazer com que eles larguem a chupeta.

Vamos ver...

E você o que pensa sobre isso?

Beijos e fiquem com Deus!

Nenhum comentário:

Obrigada! Sua participação é muito importante!

Tecnologia do Blogger.