E TUDO SE INICIA NOVAMENTE...

Esse ano não deu nem pra começar o ano depois do carnaval não é? Esse carnaval acabou com a moleza do mês de fevereiro mas ao mesmo tempo deixou tudo meio confuso, meio parado.

Google imagens

Lá na escola as crianças começaram as aulas na quinta passada, e foram apenas dois diazinhos com eles mas eu confesso que estou acabada hahahaha
Não temos período de adaptação, o que eu discordo, mas lei é lei (aham), então os pequenos já passam as 6 horas do dia com a gente. E foi um tal de chororô pra cá, chororô pra lá que fazia tempo que eu não ouvia.
Esses dois dias me fizeram pensar muito... pensar em várias coisas...
E quando chegar o dia do meu pequeno ir à escola?? Ele é super sociável, ama crianças e nós achamos que ele se dará bem na escola, mas sabe como é né? Hora que perceber que a mãe ou o pai não estão lá... Pensei em tudo que pode acontecer e isso me fez olhar aqueles pequenos de uma maneira diferente...
Esse ano, temos uma sala com cotoquinhos de 3 anos, regados a leitinho e chupetas, e lágrimas hehehe. Passei a colocar em prática uma coisa que minha mãe sabiamente me disse:
- Para cada criança, olhe o Arthur!
E é assim que vou prosseguir. Já vi e conheço muitos professores que não estão nem aí para seus alunos, não param para pensar em como estão tratando seus pequenos e o quanto isso interferirá no desenvolvimento deles!
Sim, tem horas que a vontade é de esganar um por um, assim como tenho do Arthur, mas parar e respirar, contar até 10 não custa nada! São crianças, são arteiras, são ativas e sim, cada uma tem um contexto único!!

Você mamãe, gosta de conhecer a professora do seu filho? Ter contato com ela, sentir-se parceira, ou não? Prefere manter distância?
Eu sinto muitas mães como "inimigas" da escola, e fico muito triste com isso!

Esse ano me proponho a ser uma professora diferente... Talvez não diferente, mas melhor! Sofri muitas desilusões, pensei em largar a profissão diversas vezes, mas sinto que Deus meu deu um dom e eu tenho que investir nele...
Não tenho uma sala só minha, desde que entrei no ramo público, me deparei com coisas muito diferentes das quais estava acostumada e apanhei bastante, pois contava com muita coisa e pouco aconteceu... Sabe quando acontece uma coisa chata, aí você ergue a cabeça, tenta de novo e se frustra novamente?
Aí você cria coragem de novo, vai em frente e... mais frustração... Esse foi mais ou menos meu caminho, mas eu não vou desistir!! Vou parar de pensar naquilo que quero e me focar naquilo que fui destinada a fazer.

Hoje não tenho uma sala só minha, mas tenho todas! Tenho que conhecer cada aluno, cada sala e aprender a lidar com cada estilo de professor. Olha quanta coisa a aprender?

Sabe, esse ano acho que vou aprender mais do que ensinar e quero absorver o máximo disso tudo!

Beijos e fiquem com Deus!

3 comentários:

  1. Um bom ano letivo pra você...você é professora? Ou coordenadora?
    Força que não é fácil mesmo o ensino público no Brasil! É preciso muito amor pelas crianças pra aguentar firme essa profissão.
    Eu sou professora também, mas trabalhava na rede privada aí no Brasil (Escola Adventista) e agora estou ansiosa pra trabalhar aqui no Canadá, é outra coisa! A educação aqui é muito bem valorizada!
    Amo passar aqui no seu blog!
    Boa terça-feira!
    Beijinhos...

    www.asosmamaenadia.com

    ResponderExcluir
  2. Oi querida, mais uma vez passando aqui pra dizer um muito obrigada por sua participação em nossa BC sobre alimentação infantil. Sua contribuição foi muito válida, você nos ensinou muito com o seu post. E por ver tantas mamães engajadas em prol de uma alimentação mais saudável, senti ainda mais vontade de melhorar aqui em casa, me senti motivada!
    Gostaria de te convidar pra participar da nossa próxima BC, chamada "Mamãe tá de olho no consumismo". Será em março, no dia 24. Tem ainda bastante tempo pra pensar sobre o assunto e planejar o que escrever. Não deixe de participar, mais um assunto polêmico mas muito importante na educação dos nossos filhos! Conto contigo na próxima vez também!
    Um beijo!

    www.asosmamaenadia.com

    ResponderExcluir
  3. Nádia, sou professora... A vida não é fácil mesmo... Me deparo diariamente com situações muito tristes! Mas amo o que faço!!!!
    Que legal que também é professora!!! Quando começar a trabalhar aí compartilhe suas experiências, morro de curiosidade de saber como é a educação em outros países!!!

    Quando à BC eu amei participar e com certeza estarei em outras!!

    Também adoro seu blog!!!
    BJosss

    ResponderExcluir

Obrigada! Sua participação é muito importante!