MAIS UM DESABAFO...

Olá pessoal, tudo bem?

Hoje venho aqui desabafar um pouquinho com vocês...
Essa semana passei por uma situação muito louca e que me fez refletir muito! Depois da reflexão eu só sabia agradecer a Deus pela minha vida e eu não podia deixar de compartilhar isso com vocês!
Sabe, às vezes as coisas acontecem tão longe da nossa realidade que a gente não dá a real importância para aquilo e não faz a menor ideia de que isso um dia pode acontecer com a gente... A gente até fala que sente muito, que se coloca no lugar, mas de verdade a gente só para pra pensar quando a coisa chega bem perto!
Eu tenho muito forte em mim que Deus tem um propósito para tudo nessa vida, que Ele não derruba uma folha de uma árvore sem ter um porquê. Mas também sou humana e me abalo com as coisas desse mundo, também sinto medo e até pavor ao saber que as coisas podem acontecer conosco, de qualquer forma...

Na quarta feira, dia dos namorados, eu teria um dia corrido! Mas eu não imaginava que seria TÃO corrido!
Depois de muitos anos sem pegar metrô, tive que ir até o centro da cidade para resolver coisas do trabalho. Cheguei por volta das 12:30 e só saí de lá às 15:30 ( o que eu já até esperava...). Almocei um lanche correndo e previa voltar bem rápido para cumprir o restante do dia na escola e à noite sair para jantar com o namorido.

Quando estou saindo do metrô já em direção ao meu carro, começa a chover. Eu aperto o passo, mas não corro pois a rua estava lotada e o povo já estava todo alvoroçado por conta da chuva. Trombo com uma senhora toda apressada e ficamos naquele vai-não-vai por alguns segundos. Continuo apressada, atravesso a rua e... PUM!
Me deparo com uma cena terrível, gritos, sangue, um cheiro forte, pedidos de socorro... Eu disse para mim mesma: "Não olha pro lado, concentra, corre que você tem hora pra chegar no trabalho!"
Mas não deu... Eu olhei e vi pessoas machucadas e um carro literalmente estragado batido num poste!
Nessa hora Deus me disse, esquece tudo e ajuda!
E foi o que eu fiz, fiquei lá, ajudando como podia, assim como algumas outras pessoas. Mas a chuva apertou, começou a chover granizo e eu me molhei inteira! Mas não saí de lá! Procurei ver cada um dos feridos, tentar acalmá-los e chamar o resgate.

Foram seis pessoas feridas, entre elas uma senhora idosa já não respirava mais.
O motorista do carro estava atordoado sem entender o que tinha acontecido e pelo que eu fiquei sabendo ele realmente não teve culpa, estava querendo se livrar se um cara mau encarado que veio arrumar confusão com ele, saiu, derrapou o carro e invadiu a calçada.
Os outros feridos estavam atordoados, machucados, caídos no chão... eu tentei acalmar cada um, dizendo que o socorro já estava a caminho, mas eles estavam muito desesperados. Um homem estava bem machucado e tentava se levantar, mas não conseguia e eu mandava ele parar, uma menina estava deitada e não conseguia se mexer direito e só gritava! Olha são cenas que não saem da minha cabeça!
Em meio a chuva e confusão, um amigo meu aparece e fica lá comigo até tudo se acalmar e eu agradeço a Deus por enviá-lo assim, do nada, pois foi o que me acalmou!
Um tempo depois, o que pareceu uma eternidade, o socorro chegou. Quando eles socorreram todos e estavam colocando eles nas ambulância, resolvi ir embora pois nada mais poderia fazer mas sim atrapalhar.

Daquele jeito, fui para a escola, mas apenas entreguei os documentos que precisava levar e voltei pra casa. Não tinha condições de ficar lá. Estava ensopada, já tremendo de frio, nervosa, querendo minha casa, meu filho, meu marido, minha mãe, meu pai...

Eu pensei muito sobre o que aconteceu e vi que se eu tivesse saído do metrô um minuto antes, tivesse corrido para o carro, ao invés de andar rápido, se eu não tivesse trombado com aquela senhora, poderia ser eu lá... atropelada... Por questão de minutos!
Por isso, que Deus se mostra superior a todos os nossos planos!
Agradeço a Ele por me livrar daquele acidente! Ele é quem sabe nosso destino, nosso caminho, não adianta querer  adiar, adiantar...

Cheguei em casa e vi no jornal que a senhora veio a falecer e que os demais estavam com ferimentos graves... Triste... triste... Só Deus mesmo para confortar os corações! Eu não tenho palavras para descrever...
Aqui está a notícia...

Por isso, meu desabafo acaba aqui...
Que Deus proteja e abençoe cada um de vocês!
Obrigada pela companhia!

4 comentários:

  1. Jú, posso imaginar o seu desespero, e ao mesmo tempo a vontade de ajudar!!!!As vezes, DEUS nos coloca em situações tão difíceis, que se imaginássemos pensariamos que não daríamos conta... Mas ELE mesmo nos dá uma força tão grande, que não conhecíamos em nós mesmos!!!!Nessa hora dá uma vontade de dar um abraço bem forte nas pessoas que mais amamos.... Que DEUS continue te abençoando e guardando seu lar!!!!! Beijos!!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Maria é exatamente isso que você disse! Deus é demais!
      Bjos

      Excluir
  2. Que coisa triste hein!
    Mas Deus sabe de todas as coisas!
    Bjos
    Tatty
    http://diariomaedeprimeiraviagemtatty.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

Obrigada! Sua participação é muito importante!

Tecnologia do Blogger.