VIDA DE MÃE - A HORA CERTA

Olá pessoal, tudo bem?
Hoje vim aqui falar sobre um assunto que algumas pessoas consideram polêmico, outras questionam bastante e eu, depois que tive o Arthur pensei muito e hoje, digamos assim "me arrependo" de ter feito.
Vi uma vez, em um blog, uma imagem que dizia mais ou menos assim: Você já marcou a hora, dia e lugar que vai morrer? Já preparou tudo? Não? Então porque decidiu a hora em que seu filho ia nascer?"

Essa frase estava se referindo às pessoas que, por medo de uma cesariana, marcam o parto sem ao menos tentar o parto normal.
Eu conheço muita gente que não que nem pensar em parto normal e logo no início da gestação já quer marcar para ter uma cesárea.
É lógico também, pessoal, que eu sei que a cesárea é indicada em alguns casos e tudo depende da mulher, da situação, etc, mas hoje eu quero expor o meu ponto de vista sobre isso.

Eu, fui uma pessoa bem "tapada" na gestação do Arthur. Eu até queria tentar um parto normal, mas meu médico, desde o começo fazia cara feia quando eu falava. Até que no 5º mês eu comecei a sentir muita falta de ar e palpitação e depois de uns exames, o obstetra já logo bateu o martelo que a cesárea era a melhor opção e ponto final. Eu, boba, segui as ordens e marquei a data.
Quem já viu o relato do meu perto, lembra que eu disse que ele foi sem "grandes emoções", como se fosse uma consulta, onde eu entrava barriguda e saísse com um pacotinho.

Mas, depois eu parei para pensar, pesquisei, perguntei e cheguei à conclusão de que eu não tinha nada errado que me impedisse de tentar um parto normal! Eu não tinha nenhuma problema que realmente fosse grave o bastante para ir direto para a cesárea e mesmo sabendo que isso vai de pessoa para pessoa, gente, lá fora do Brasil, uma mulher com pré-eclâmpsia é super estimulada a ter um parto normal, para não precisar fazer cirurgia e ter outras complicações, pois após o parto tudo pode voltar rapidamente ao normal!
Eu vi também, mãe com o bebê totalmente sentado e os médicos fazendo diversas manobras para ele virar e ela teve parto normal! Até com cordão umbilical no pescoço dá pra nascer de parto normal!

Depois de tudo isso eu me achei uma tremenda boba! Sim, pois eu queria tentar o parto normal e eu podia!

Eu penso da seguinte maneira: ficar grávida é uma coisa "natural", onde o nosso organismo trabalha perfeitamente para, depois de certo tempo, uma nova vida seja capaz de deixar um ambiente e se adaptar a outro! E isso não somos nós que escolhemos! O bebê não tem um momento para fecundar, para ser gerado, para crescer, para aprender, para ser criança, para brincar, para errar, para tudo? Então por que ele não pode ter o tempo para ficar lá na barriga? O tempo dele? É óbvio que existem casos onde o bebê não quer nascer de jeito nenhum e aí sim uma intervenção deve acontecer! Assim como existem aqueles apressadinhos que chegam antes da hora!
Mas, dentro da normalidade, acho que eles sabem a hora certa de chegar e nós devemos respeitar!
Eu sou totalmente a favor do parto normal, desde que ele não traga sofrimento para a mãe ou para o bebê!

Comigo, nos próximos que vierem (olha o plural hahaha), eu quero ir até o fim e esperar. Se chegar na hora e realmente não tiver condição, vamos para a cesárea, caso contrário, quero ser mãe ao natural hahaha.

O que vocês pensam a respeito???

Beijos e fiquem com Deus!

5 comentários:

  1. Oi juh. Realmente, vc tem razão. Na gravidez do Rodrigo eu esperei até o ultimo minuto, e logo que cheguei lá o medico disse que o bebe estava com o cordão no pescoço e me mandou pra cesárea. Depois eu pensei q poderia ter tentado mas eles nos induzem a fazer o q eles querem e o que é mais conveniente pra eles. Adorei o post. Beijo

    ResponderExcluir
  2. Oi juh. Realmente, vc tem razão. Na gravidez do Rodrigo eu esperei até o ultimo minuto, e logo que cheguei lá o medico disse que o bebe estava com o cordão no pescoço e me mandou pra cesárea. Depois eu pensei q poderia ter tentado mas eles nos induzem a fazer o q eles querem e o que é mais conveniente pra eles. Adorei o post. Beijo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi amiga! Que bom que gostou!
      Esse é um tema que eu acho muito interessante e importante!
      Bjos

      Excluir
  3. Jú, adorei seu texto e concordo plenamente com você!!!! É muito melhor, tanto pro bebê quanto pra mãe que ele nasça de parto normal... Mas infelismente, muitos médicos preferem a cesária.... Comigo foi a mesma coisa, minha filha nasceu de uma cesária, porque ela estava sentada e minha pressão começou á subir muito.... Mas as vezes me questiono se não poderia ter sido parto normal???? Até porque o pós operatório pra mim foi terrível.... É preciso que as futuras mamães se preparem mais e vejam junto com o médico, a melhor opção para ela e o bebê!(Não para o médico!!!!) Beijos!!!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Maria! Que bom que gostou!
      Mais uma vez você disse tudo nesse seu comentário!
      Grande beijo

      Excluir

Obrigada! Sua participação é muito importante!

Tecnologia do Blogger.