DIA DOS PAIS - ESPECIAL PAPAI DO ARTHUR!

 Eaê Pessoal,

Hoje em comemoração ao dia dos Pais quem vos fala é o Pai do Arthur!!
Isso mesmo! Recebi um convite super especial para falar um pouquinho sobre o que é ser Pai pra mim. E fiquei muito feliz em ser requerido para tal feito!
Sou MUITO FELIZ por ser pai pois sempre sonhei com isso. E sempre imaginei nessa relação de Pai e Filho um companheirismo, uma amizade, acima de qualquer outra.
Comigo aconteceu tudo inusitadamente (vocês já devem saber!!!). Eu, de repente iria me tornar pai (Nós né?! Mas hoje é a vez de falar somente do PAI). Confesso que senti aquela sensação de Alegria com “Medo”, mas não medo, medo,... e sim um certo receio pelo que estava por vir. E sempre quis enfrentar este desafio da melhor forma possível. Acompanhei todas as etapas da gravidez, me preocupei e me coloquei sempre à disposição. Queria que tanto minha esposa quanto meu filho, ainda na barriga, sentissem minha presença , meu carinho e preocupação por eles. Lembro de falar com ele e dizer que estava ansioso pela sua chegada.  Seu nascimento foi e será inesquecível para mim, filmei tudo, tanto na câmera, quanto na mente, nenhuma delas falhou ou “desmaiou”.
Desde o nascimento eu sabia que deveria me empenhar bastante para me fazer presente, ainda mais no início com todo o elo que o bebê tem exclusivamente com a mãe.  E penso que, se quero ter um grande relacionamento com meu filho no futuro, devo agir e participar da sua vida desde sempre, interagindo com ele no dia a dia, como quando inventava músicas que o acalmassem para ele dormir, conversando, brincando, ajudando nas descobertas, como mexer nas plantas e flores e descobrir que aquelas coisinhas pequeninas são formigas. Apoiando e auxiliando nos desafios, como quando ele começou a andar ou quando ele começar a andar de skate (se ele quiser, lógico) educar, corrigir e ensinar, como até mesmo ensina-lo a fazer caretas em frente ao espelho. Sem contar nas obrigações diárias dos pais (Mãe E PAI Também), como dar banho, trocar fraldas, preparar, inventar e dar as refeições, entre outras.

Foi muita mudança repentina na minha vida, e sei que muitas outras virão. Mas eu escolhi e fui abençoado por poder viver estes desafios, por mais difíceis que alguns sejam, eu também aprenderei muito com eles. Peço a Deus que, não somente eu, mas nós, pai e mãe sejamos capacitados para lidar com esses desafios. Desafios que são recompensados com um sorriso, com um aconchego no colo que só o meu pode oferecer, com uma vozinha ainda sem jeito gritando “Papai” alegremente quando eu chego e quando me abraça e puxa minha mão para algum canto. Me faz sentir Especial de uma forma única, de uma forma Especial. Ser pai é mágico.
Agradeço ao meu Pai por toda essa magia que vivemos até hoje e que hoje eu posso viver e aprender com o meu filho.

Marco

2 comentários:

  1. Oi Jú!!!! Que post lindo....Parabéns ao seu marido, que expressou de uma forma tão linda como ele se sente sendo pai!!!!!(Vou mostrar este post ao meu marido!!!!)Achei as fotos lindas!!!!! Parabéns á todos os papais de plantão.... Grande beijo!!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Lindo né??
      Eu me emocionei quando li!!!
      Bjos

      Excluir

Obrigada! Sua participação é muito importante!