VIDA DE MÃE - ARTHUR PERDEU O TRONO?

Olá pessoal, tudo bem?

Sabe, desde que contei que estou grávida, é impressionante como eu tenho escutado "Tadinho, agora o Arthur perdeu o trono né?" por aí!

Imagem google

Assim eu já vejo como é fácil a rivalidade entre irmãos começar mesmo antes deles se conhecerem não é?

Eu sei que posso passar por momentos difíceis quando o bebê nascer na adaptação do Arthur à essa nova rotina, uma nosa pessoa na família, ciúmes, etc, mas eu acho que pequenos gestos, pequenas atitudes e pequenas falas podem fazer com que tudo fique mais fácil, ou muito mais difícil!

Desde que descobri a gravidez procuro "informar" o Arthur dessa novidade. Sempre converso com ele e conto que na minha barriga agora tem um nenê.
Esse foi o primeiro passo, ligar a barriga (que daqui a pouco estará enorme e ele não entenderá o porquê) à existência de um bebê.
Agora ele já sabe e vira e mexe levanta minha blusa pra dizer que tem nenê.

Também tenho falado dos cuidados que ele tem que ter comigo agora, o que já é um pouco complicado, pois além de ele ser menino e muito pequeno ainda, tem a parte da manha que ele tem feito por conta da gravidez, pois eu falo que não pode bater nem chutar minha barriga, que não pode pular na mamãe e que deve fazer carinho no bebê. Ele entende e faz, mas quando quer atenção dá uma empurrada de leve sabe? E ele é um bebê, então é bruto, sem noção e está aprendendo a lidar com isso.

Mas o que eu mais tenho feito é dizer que ele vai GANHAR um irmão ou irmã. Que ele vai me AJUDAR a cuidar e que VOU PRECISAR muito dele!
Que agora ele foi PROMOVIDO a irmão mais velho e que vai ensinar um monte de coisas pro irmão ou irmã!

Acho que a conversa constante vai fazer com que ele assimile a chegada de um bebê por aqui.
É lógico que velhos truques, como um presente para ele no dia do nascimento do bebê vão ajudar bastante, mas o dia a dia vai fazer ele amadurecer a ideia e ver que ter mais alguém por aqui será ótimo!

E por aí, quem tem mais de um filho, como foi a adaptação?

Beijos e fiquem com Deus!

8 comentários:

  1. è isso ai eu acho que conversar bastante é o melhor metodo...sempre vai haver aquele ciuminho...mais cabe vc a mostrar a ele que o ama da mesma forma!eu tenho um filho de 2 meses e pretendo ter outro maisss pra frente....ai vc vai me contando como foi sua experiencia! beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Falou tudo Jéssica e pode deixar que eu vou contando como é a experiência!
      BJs

      Excluir
  2. Ju, eu também detestava quando alguém dizia que o Garotão ia perder...
    Gente, o Garotão ganhou!
    Ganhou uma irmã, ganhou um milagre! Deus sabe o quanto o Garotão ganhou desde que a Princesa nasceu! Eu sempre reforço pra ele que a irmã é um grande presente pra ele!!! E, nisso, eles se tornam cada vez mais unidos!!!
    É isso aí!
    Um beijo!!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Adorei seu comentário! Lindo!!!
      E que se tornem cada vez mais unidos!!!!
      BJos

      Excluir
  3. Acredito que no inicio, essa adaptação de que vai ter alguém novo em casa, que precisa de muitaaa atenção, é um pouco complicada pra uma criança tão pequena, mas achei muito legal o seu jeito de lidar com isso, de uma forma clara e ao mesmo tempo super carinhosa!!!!! Essa de dar um presente ao mais "velho" quando o bebê nasce, eu não conhecia... Adorei a ideia!!!! Beijos!!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Exatamente Maria! No começo é difícil não ter uma reação de ciúmes, mas a gente vai lidando com calma e muito carinho!!!
      BJos

      Excluir
  4. Olá Você e seu blog foi indicada para o TOP FIVE do Recanto das Mamães Blogueiras que vai ao ar no dia 16/11. Passe lá. Beijocas
    Cris Chabes

    ResponderExcluir

Obrigada! Sua participação é muito importante!