SÍNDROME DO TÚNEL DO CARPO

Olá pessoal, tudo bem?

Quem já me acompanha há algum tempo lembra da minha constante reclamação com as dores nos pulsos, que vêm me incomodando desde o começo da gestação!
Na gravidez do Arthur eu também tive essas dores mas elas chegaram praticamente no último mês e duraram até pouco mais de um mês aoós o nascimento dele.

Eu já tinha uma tendência a desenvolver pois minhas articulações são muito sensíveis. Não sei se há relação, mas minha mãe já operou os dois pulsos pelo mesmo problema também.

Bom, eu achei no site o Dr. Drauzio Varella uma boa explicação do que se trata esse tal incômodo, vamos lá:

O QUE É?
Síndrome do túnel do carpo é uma neuropatia resultante da compressão do nervo mediano no canal do carpo, estrutura anatômica que se localiza entre a mão e o antebraço. Através desse túnel rígido, além do nervo mediano, passam os tendões flexores que são revestidos pelo tecido sinovial. Qualquer situação que aumente a pressão dentro do canal provoca compressão do nervo mediano e a síndrome do túnel do carpo.

Imagem google
CAUSAS:
A causa principal da síndrome do túnel do carpo é a L.E.R. (Lesão do Esforço Repetitivo), gerada por movimentos repetitivos como digitar ou tocar instrumentos musicais. Existem também causas traumáticas (quedas e fraturas), inflamatórias (artrite reumatóide), hormonais e medicamentosas. Tumores também estão entre as possíveis causas da síndrome.

SINTOMAS:
O principal sintoma é a parestesia, uma sensação de formigamento, de dormência, que se manifesta mais à noite e ocorre fundamentalmente na área de enervação do nervo mediano.
A evolução da síndrome dificulta manipular estruturas pequenas e executar tarefas simples como pregar um botão, enfiar uma agulha, segurar uma xícara.

Fonte: site Dr. Drauzio Varella (clique aqui)
 Agora vou contar para vocês como essa dor se manifesta em mim e como vocês podem ter notado dentre as causas não há nada relacionado à gravidez.
Na gravidez do Arthur era uma dor constante nos pulsos onde eu precisava fazer compressas de gelo de hora em hora para amenizar a dor.
A dor era como se estivessem enfiando uma faca no pulso, uma dor terrível!
Na maternidade eu perdi muitas horas de sono por conta da dor e tanto o médico quanto a equipe do hospital afirmaram nunca se deparar com um caso desses então não poderiam fazer nada.

Em casa a dor foi passando e ficou uma dormência nos dedos que durou muuuuuito tempo e eu cheguei a achar que não passaria.

Nessa gestação eu ainda não tive picos de dor como da primeira vez, mas não consigo fazer tarefas que exijam esforço na articulação. Passar roupa é um tormento! Escrever e digitar por algum tempo causam dor também e sinto uma fadiga extrema nos braços todos os dias.

Agora, por que isso surgiu na gestação?
Eu andei pesquisando e li que na gestação tendemos  a reter liquído e essa retenção comprime o canal por onde o passa o nervo do pulso causando dor. Algumas vezes a mulher pode vir a desenvolver a síndrome depois da gestação (o que eu espero que não aconteça comigo).
Nessa gestação eu senti que comecei a reter líquidos muito antes devido a esse calor extremo. Por isso comecei a sentir a dor bem antes também.

E o que fazer?
Como nessa fase não podemos usar medicamentos, o melhor mesmo é tomar bastante líquido, fazer massagens e exercícios leves para não reter líquido.

Se você também sente esse tipo de dor, bem vinda ao time! Procure seu médico e converse com ele sobre!

Espero que tenham gostado!
Beijos e fiquem com Deus!

**ATENÇÃO PARA UM UPDATE!**
Agora que vou iniciar com a fisioterapia e com as massagens, procurei uma profissional e ela me explicou bem melhor sobre essa dor!
Ela disse que a retenção de líquidos influencia sim na dor, mas que na maioria das vezes e é o que está acontecendo comigo pois ela disse que não estou retendo tanto líquido assim, é que durante a gestação a mulher libera dois hormônios, a relaxina e a ocitocina que relaxam todos os tendões do corpo, e o tendão que passa pelo pulso fica maior e acaba sendo comprimido no túnel, provocando a dor e com ela a síndrome!
Isso tende a melhorar mas pode piorar também, por isso é sempre bom procurar ajuda profissional!!!

Beijos e todos!!

3 comentários:

  1. Sempre vejo você reclamar dessa dor, mas confesso que não sabia nada sobre ela.... Deve mesmo ser um incomodo muito grande..... E depois que passar a gravidez, tem tratamento se persistir em algumas pacientes??????? Como falar pra uma mãe, dona de casa(todas nós somos, mesmo trabalhando fora!!!!!) pra ficar quieta e não fazer nada????? É difícil né???? Mas tenta evitar certos movimentos, coloque alguém para te ajudar nas tarefas da casa, pra amenizar um pouco....... Grande beijo, DEUS te abençoe!!!!!!!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Então Maria, o tratamento é feito com anti inflamatórios ou dependendo do caso cirurgia!
      Pois é, parar é impossível e com esse calorão...
      Mas a gente vai levando!!!
      BJoss

      Excluir

Obrigada! Sua participação é muito importante!

Tecnologia do Blogger.