CINTAS PÓS PARTO

Olá pessoal, tudo bem?

Vamos continuar o assunto sobre a real necessidade de algumas coisas que eu usei antes e depois de ter o Arthur?
O primeiro assunto foi sutiã de amamentação, agora quero falar sobre as cintas!

Gente, como eu sofri com essas benditas!!!

Antes do Arthur nascer eu sai a caça de alguns modelos que eu usaria depois do parto e acabei escolhendo algumas e diga-se de passagem bem carinhas, e separei uma para levar à maternidade e outra para usar em casa depois de algum tempo.
Me perguntem quantas vezes eu usei cada uma!
No máximo uma vez e olhe lá!

Assim que Arthur nasceu e fomo liberados, eu levei um tremendo susto com o tamanho da barriga que ficou e brincava que com certeza ainda tinha mais um bebê ali!
A cinta que havia separado para sair da maternidade mal fechou e eu tive que abrir mão dela.
Imagem google
Depois eu descobri que ela não era tudo aqui que eu pensava. Muito difícil de colocar e incomodava demais no corpo. Ela era do estilo cinta mesmo, sem corpo.
Resultado, está guardada até hoje.

Nesse meio tempo minha mãe veio me salvar!
Ela comprou uma cinta muito bacana que foi a minha fiel companheira por muito tempo! Ela é uma calcinha que continua com a cinta.

Imagem google
Fecha super fácil (tem zíper além dos fechos) e fica bem no corpo.
O problema é que para ir ao banheiro tem que tirar, mas como ela é pequena, fica fácil.
Essa cinta eu usei muito e fui só reduzindo no tamanho!

Aquela segunda cinta que eu havia comprado?

Imagem google
Não cabe até hoje em mim! Gente acho que eu pensei que viraria a Barbie depois do parto! A cinta é de corpo inteiro e shorts. Mas não entra uma perna nela! Eu até fui tentar trocar mas já havia passado o prazo e tive que ficar com ela mesmo!

Eu cheguei a usar mais alguns modelos de cinta, como a famosa do Dr. Rey, mas ela não adiantou em cada, parecia que eu estava com uma camiseta, não sentia pressão, nada...
Imagem google
Também usei uma de corpo inteiro mas ao invés de shorts ela era tipo calcinha e com abertura.

Imagem google
 Também foi minha fiel companheira, mas seu uso é para após a amamentação, pois ela não é própria para isso, o que atrapalha um pouco.

Lembrando que existem infinitos modelos de cinta e as próprias para pós parto. Eu citei aqui as que eu usei.
Lembrando também que esse tipo de produto geralmente é bem caro, por isso o melhor é pesquisar, ver opiniões e não sair comprando a primeira que vê (né Juliana?)

Agora falando sério, eu super gostei das cintas no pós parto. Não foi fácil pois estava chagando o calor e eu transpirava demais com elas, então acabei usando pouco, mas elas fizeram efeito!

Depois que Matheus nascer com certeza vou usar as cintas que melhor se adaptaram a mim na vez o Arthur (elas estão guardadinhas!!!) e como será inverso, talvez eu consiga até usar por mais tempo!

E vocês, usaram, não? Gostam, ou preferem deixar a natureza agir normalmente??

Beijos e fiquem com Deus!


4 comentários:

  1. Jú de Deus, não usei cinta e me arrependo até hoje...... O problema é que tive um sangramento no lugar da cesária, e isso me incomodou bastante..... Mas hoje, com certeza eu usaria...... Porque a diferença entre quem usa e quem não usa, na minha opinião é muito grande!!!!!! Beijos!!!!!!!!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu também acho importante usar, mas ela não faz milagre sozinha né.
      Bjossss

      Excluir
  2. Sou ousada né? Cheguei agora e já to comentando tudo kk' Também comprei a primeira que você postou e Deus do Céu, tamanho P kkkk.. Nem fechou!
    Agora com 22 dias, já tá fechando. Mas me dar agunia, e eu nao quero nem saber dela. Rs'
    Vou esperar completar os 40 dias do resguardo e sair pra comprar outra! Pq né? Resguardo quebrado, na minha cidade, é pior que nao usar cinta. Amei seu blog :*
    Marla

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ousada nada!!!!!! Seja muito bem vinda e obrigada pelo carinho!
      BJãoooo

      Excluir

Obrigada! Sua participação é muito importante!

Tecnologia do Blogger.