ESPORTES DE AVENTURA

Com benefícios não apenas físicos como também emocionais, os esportes de aventura são boas opções para tirar as crianças da rotina e aproximá-las da natureza. Atividades como escalada, canoagem e surfe, por exemplo, são divertidas,  ajudam as crianças a enfrentarem seus medos e aumentam o senso de suas responsabilidades.

Mas a dúvida sempre fica:  “Será que estou expondo demais meu filho em uma atividade arriscada?”.  A resposta é não. Hoje em dia, com a instrução certa e cuidados na escolha do local de prática, os esportes de aventura não colocam risco nenhum à vida do seu pequeno.

Confira aqui algumas das atividades mais prazerosas para praticar ao ar livre ou em ambiente fechado que vão deixar seu filho mais forte e confiante.

Surfe
 foto: Chuck Abbe

Crianças adoram mar e desafios,  por isso o surfe é um esporte perfeito. Muito completo, ele trabalha não só quase todos os músculos do corpo como também melhora a capacidade respiratória. E melhor: traz um envolvimento direto com a natureza.

Para praticar com segurança, no entanto, é importante procurar escolinhas especializadas para crianças. Em grandes cidades, há também a opção do “indoor surf”, ou seja, quando o esporte é praticado numa piscina de onda. 

Nas escolas, as crianças aprendem a regra número 1 do surfe: respeitar o mar. Conhecer as valas e buracos, perceber onde está indo a correnteza, tudo é ensinado em aulas práticas e divertidas.  Afinal, brincando se aprende pela experiência.

O importante, antes de tudo, é saber nadar. E lembre-se: por mais confiante que seu filho possa parecer, nenhuma criança deve entrar no mar desacompanhada de um adulto.

Mountain Bike

Qual criança não ama andar de bicicleta? Agora some essa atividade deliciosa em duas rodas com um cenário paradisíaco, perfeito não é mesmo? Pois então, pedalar em uma trilha, no meio da natureza, observando os pássaros e a vegetação, é diversão pura para a garotada. 
Além de ser uma atividade que ajuda na coordenação motora, equilíbrio e fortalece os músculos das pernas, esse tipo de esporte traz muita sociabilização, já que , na maioria das vezes, é feito em grupo. Ótima escolha de um esporte para evolver  toda família. Crianças a partir de cinco anos já podem participar.
foto: Brad Allen

Canoagem
foto: créditos

Outro esporte que envolve água e que é divertido é a canoagem.  Para praticar, a criança precisa de equipamentos como caiaque, colete e remo. A canoagem pode ser aprendida com um atleta profissional ou em uma escolinha. E, assim como o surf, o esporte coloca a criança em contato direto com o meio-ambiente, ajudando no desenvolvimento de um senso ecológico.

Como o esporte exige força física, crianças com menos de 10 anos devem ficar de fora, ou podem apenas participar em um caiaque duplo remado por um adulto.


Parede de escalada
foto: créditos

Perfeita para injetar adrenalina nos pequenos, sem envolver o lado perigoso do esporte ao ar livre, a parede de escalada é uma atividade divertida e funcional que estimula o desenvolvimento motor e o trabalho muscular. Pesquise em sua cidade onde há uma parede de escalada infantil e, com apenas uma breve explicação, seu filho poderá praticar a modalidade sozinho e brincando. Pois neste caso, é brincando que se aprende.

Agora eu vou contar para vocês... Eu sempre amei esportes. Apesar de nunca ter praticado tantas modalidades, principalmentes as de aventura, sou super adepta à elas.

Aqui em casa nós sempre estimulamos os meninos a gostar de esportes. Procuramos, dentro do que podemos e conhecemos, oferecer o maior contato possível para que eles conheçam e criem gosto por praticar uma atividade física.
Meu marido é um skatista que desde criança ama andar por aí... Quando eu o vejo andando ou até mesmo conversando sobre o assunto, já sinto o quanto isso dá prazer, o quanto ele gosta realmente de praticar esse esporte.
Sendo assim, os meninos já possuem um estímulo natural para a prática do skate. E não é que eles gostaram da coisa?
Eu confesso que ainda fico receosa, por ser um esporte de impacto e que pode causar uma lesão ou outra, mas por outro lado, seus benefícios são ótimos então eu super apoio que os meninos também pratiquem.
Arthur ganhou seu primeiro skate aos 2 anos e simplesmente ama o seu “carrinho”. Ele ainda não sabe andar totalmente sozinho, mas não tem medo de se arriscar.
Matheus tem demostrado um enorme interesse também e toda vez que vê o skate parado, já sai correndo atrás dele e pede para andar!

Se você percebe interesse do seu filho em algum esporte, não exite em estimular. A pratica da atividade física é perfeita e deve ser feita desde cedo!!!

0 comentários:

Postar um comentário

Obrigada! Sua participação é muito importante!