ENTREVISTA: PALOMA FERNANDES - MAMÃE DE MENININHOS

Olá pessoal! Tudo bem?
Hoje eu tenho o enorme prazer em receber aqui no blog uma amiga mais do que querida, a Paloma Fernandes do blog Mamãe de Menininhos!
A gente se conheceu através do Youtube, sempre estavámos comentando no canal uma da outra.
Até que começamos a trocar mensagens e uma amizade nasceu!

Hoje nos falamos quase todos os dias e eu tenho certeza de que ela foi um presente de Deus para mim!!!

Acho que todo mundo conhece a Pa, mas quem ainda não conhece vai poder conhecer através de uma super entrevista que ela deu para o De Menina a Mãe!
Ela é uma super mulher! Esposa, filha, mãe, professora, estudante e dona de casa! Uau! Isso mesmo!!! Quer saber como ela dá conta de tudo? Então confere a entrevista!

DMM Você já tinha essa rotina agitada antes de ser mãe?

Rotina? Eu mal sabia o que era isso rs. Eu sai de casa com 19 anos de idade, passei na faculdade e fui morar sozinha á mais ou menos 300km de casa. Dormia e acordava a hora que queria, comia fora ou o que meus pais me mandavam congelado. Meu único compromisso com horário era o da aula, mais nada. Eu amava passar a madrugada na internet, vendo televisão e comendo besteiras. Eu nunca fui muito de rotina e até hoje me atrapalho quando o assunto é horários! Definitivamente a maternidade me invadiu e trouxe junto muito mais que responsabilidade, tive que aprender na marra a ser adulta de verdade.

DMM  Quando veio a escolha por trabalhar fora? Já tinha o Be? 

Sim, eu já tinha o Be com 1 ano e 1 mês. Na verdade, quando ele nasceu eu já tinha planos de trabalhar e começar de verdade a atuar na minha área só que o destino deu conta de mudar um pouco os planos. Quando ele tinha mais ou menos 3 meses, descobrimos a alergia a proteína do leite de vaca e eu acabei adiando um pouco os planos e resolvi me dedicar a ele. Passados os meses de maior adaptação com a alimentação especial dele eu me dei conta que ficar em casa só fazendo as tarefas de dona de casa realmente não era pram mim. Quando ele completou 1 ano e 1 mês resolvi assumir um cargo no estado como professora. E ali começava minha louca rotina de mãe e professora. Sem contar que 1 mês depois de decidir trabalhar, me descobri gravida pela 2º vez. A partir dessa noticia, o trabalho se fez mais que necessário, afinal agora seríamos 4.

DMM Como você organiza sua rotina para dar conta de tudo num dia com apenas 24horas? 

Nesses quase 3 anos de canal e blog essa é a pergunta que eu mais recebo. Sinceramente eu não sei bem exatamente como eu organizo tudo. Na verdade acho que eu tento ter o mínimo de ordem pra tudo não virar um caos. 24 horas é tão pouco perto das horas que eu precisaria pra dar conta de tudo que eu tenho pra fazer mas dentro dessas 24 possibilidades eu tento dar conta do que é possível. Segunda, quinta e sexta são os dias que eu tenho as tardes “livres” aí eu consigo arrumar a casa e fazer outras tarefas acumuladas como corrigir atividades, preparar aulas e claro, ficar com os meninos.
Nós não temos faxineira, o que foi uma decisão tomada juntos também. Decidimos que esse dinheiro pode ser usado pra outras coisas. Confesso que as vezes me arrependo de ter escolhido não ter alguém pra me ajudar mas depois que o cansaço passa, eu realmente vejo vantagem em não pagar alguém pra limpar nada.  O dia internacional da faxina lá em casa é sábado. Aproveito esse dia pra limpar bem a casa e no resto dos dias, quando dá eu vou dando um jeitinho aqui e ali pra não perder o controle de tudo. Agora, manter a casa arrumada definitivamente é um desafio, acho que filhos x casa arrumada são definitivamente antônimos rs.
Então basicamente os horários que são fixos como escola, trabalho e faculdade eu consigo acompanhar. Eu conto com a ajuda de outras pessoas principalmente do meu marido e dos meus pais. O papai é bem presente e sempre se dispõe a ajudar então de manhã ,eu arrumo as mochilas e ele troca os meninos e leva eles pra escola (a gente se reveza ao longo do mês) . Eles tomam café da manhã na escola então isso ajuda bastante também.
Quando eu estou em casa eu já busco eles na escola e esse tempo é só nosso. A gente brinca, toma lanche, vê TV, e quando eles tiram a soneca da tarde lá vou eu correr com: arruma a cama, lava a louça, tira o lixo, alimenta a gata, poe a roupa pra lavar e SE der tempo aspirador e pano no chão pra manter a ordem até a próxima faxina. Como os meus horários como professora são bem flexíveis, só trabalho o dia todo as terças e quartas, o resto da semana só de manhã então a rotina da tarde permanece a mesma. Nos dias que eu não estou em casa um anjo chamado: Mãe, aterriza lá em casa, espalha o pózinho de pirlipimpim e arruma tudo pra mim. Em relação ao blog e canal eu faço quando da e sempre nos finais de semana. Já a faculdade, eu estudo quando dá, a noite é uma criança vai rs. Ao longo desses anos como mãe, universitária, esposa, filha, blogueira e professora eu fui adaptando minha rotina e aprendi que tudo tem que ser feito no seu tempo. Se der tempo ótimo, se não, a louça pode esperar sabe?

DMM Seu marido, o Lucas, apoia suas escolhas como trabalhar fora, estudar e ainda cuidar da casa?

Sim e muito. Tudo aqui é conversado e combinado com antecedencia. Eu sempre dizia que ser mãe era um sonho mas seguir uma carreira era um sonho maior ainda então queria sim unir os dois e ele desde o começo me apoiou. A gente se ajuda e ele sempre que pode assume a super nanny lá de casa, fica com os meninos e eu consigo fazer as coisas, até lavar o cabelo as vezes rs.

DMM Já pensou em desistir, ou de trabalhar ou de estudar para ficar em casa? 

Já, muitas vezes. Quantas e quantas lágrimas eu já não derramei por exaustão mesmo.  Muitas vezes já me perguntei se isso vai mesmo me levar a algum lugar, se essas horas fora de casa não poderiam ser aproveitadas de outra forma. A famosa culpa por dividir os cuidados dos meninos com a escola sabe? Mas no final das contas eu percebo que esse tempo fazendo algo que não : casa e filhos, me faz muito bem então eu não posso desistir. A faculdade foi uma das maiores batalhas que eu já travei na vida e chegar até aqui um dos maiores desafios. Eu não poderia nadar tanto pra morrer assim. Vou terminar o curso e sim pretendo fazer pós graduação no ano que vem. Sei que um dia meus filhos terão orgulho de mim e no momento certo teremos todo tempo do mundo pra nós.

DMM Se pudesse voltar no tempo e escolher o momento em que cada coisa aconteceria, mudaria alguma coisa? Deixaria de trabalhar, esperaria para ter filhos, repensaria a faculdade? 

Sabe que eu nunca parei pra pensar nisso? Analisando bem friamente as coisas, acho que a única coisa que eu faria diferente seria a faculdade. Acho que talvez eu deveria ter terminado primeiro, e depois ter pensado em filhos, mas como eles aconteceram na minha vida eu não consigo pensar em como seria se não tivesse sido assim sabe? Eu sempre quis ser mãe, então provavelmente se eu voltasse no tempo, teria engravidado de novo e atropelado tudo. A gente meio que se ajeita com o que a vida nos dá né?

DMM Algum conselho (ou consolo) para quem está pensando em desistir de alguma coisa por conta da "falta de tempo" .

Olha, realmente o tempo é algo precioso, e justamente por pensar assim que meu conselho é o seguinte: Aproveite-o da melhor forma. Eu precisei viver muitas coisas nesse tempo como mãe pra aprender que a casa pode passar mais um dia suja enquanto a gente brinca com eles sabe? Mais uns 3 ou 4 copos na pia não vão fazer tanta diferença. Bebe agua na caneca vai rs. O que eu to querendo dizer é: não pira! Faça o que tem vontade e sempre respeitando o seu tempo. Nossos filhos crescem e um dia tudo aquilo que era caos, aos poucos vai se encaixando, eles param de chorar a noite, começam a cobrar atenção na hora do desenho, então deixa a louça e senta um pouquinho sabe? Se você trabalha fora e se culpa por isso lembre-se que você está fazendo o melhor que pode e que junto com você, milhares de outras mães fazem o mesmo e eu posso garantir, não amam menos seus filhos por isso.
Siga em frente, respeite seu tempo, faça uma coisa de cada vez e não pira. O tempo é algo precioso sim, mas ele é precioso quando deixa memórias. A louça vai estar lá todos os dias, mas a infância dos seus filhos, sua disposição e vontade de viver e aprender não, portanto, viva, sem culpas!

E aí, gostaram? Eu amei!!
Pa, minha querida! Muito obrigada pela entrevista!
Quem quiser conhecer mais sobre a Paloma, vou deixar os links dela para vocês!
O Blog dela é o Mamãe de Menininhos.
O Canal é o Paloma Fernandes!

2 comentários:

  1. Adoro ler relatos de pessoas como vocês que, mesmo com a correria do dia a dia, dão conta da rotina, pois há planos para o segundinho (a) por aqui, mas confesso que fico me questionando se darei conta de tudo :) rsrs
    Bjos pra vocês,
    Larissa Andrade.

    http://maternidadeecotidiano.blogspot.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom que gostou!!! Realmente saber de outras histórias nos ajuda muito né?
      Olha, tenha certeza que você dará conta!!!!! E é uma delícia!!!
      BJoss

      Excluir

Obrigada! Sua participação é muito importante!