SER MÃE PELA SEGUNDA VEZ... DESCOBRINDO A GRAVIDEZ

Eu nunca me planejei mãe! Muito menos mãe de dois!

Ser mãe do Arthur me transformou de uma forma tão intensa que eu senti a necessidade de duplicar esse sentimento! Na verdade, pela maternidade e pela maternagem, eu seria mãe de uns 3 ou 4 filhos... Apesar dos perrengues, eu amo ser mãe! Mas assim que tive o Arthur eu sabia que não pararia ali. Que um dia, outro bebê chegaria para fazer companhia à ele. Não sabia quando, mas sabia que ele viria!

Apesar de querer mais um filho, após a experiência de ser mãe, Matheus também não foi totalmente planejado. Nós estávamos para nos mudar para a nossa casa quando eu descobri a gravidez. Na verdade queríamos esperar a mudança acontecer, a gente de estabilizar aqui para começarmos a pensar em um irmão para o Arthur. Mas Deus nos mandou antes do esperado esse presente maravilhoso que é o Matheus.

Eu sabia que estava grávida! Eu sentia! Mas o exame deu negativo. Eu já estava prestes a voltar a tomar meu anticoncepcional de costume pois queria cuidar da saúde, regularizar meus ciclos menstruais que eram bem confusos (achava eu...) e também evitar a aparição de novos cistos no ovário, mas algo me fazia esperar!

No dia que era para minha menstruação começar fiz o teste e ele deu negativo! Uma sensação estranha pois eu tinha uma certeza muito grande dentro de mim!

Joguei o teste fora e prometi que ia esquecer essa história...

Naquela noite tive um sonho muito forte! Daqueles que a gente acorda acreditando que aconteceu mesmo! No sonho eu via três testes de farmácia dando positivo. E três vezes eu falava que estava grávida.

Comprei outro teste e após o serviço voltei correndo para casa. Pensativa, não consegui ligar o rádio para escutar música. Eu dizia para mim mesma "Eu estou grávida!".

Fiz o teste e comecei a ver a segunda lista. Era coisa da minha cabeça... Não tinha listra nenhuma lá! Peraí! Tinha sim!

Chamei minha mãe e mostrei. Ela não entendeu nada mas disse que também via uma segunda listra! "Como assim filha??? Aaa, só acredito com o exame de sangue!"

Liguei para o marido e pedi um novo teste. Ele me dizia "teste do que? Grávida? Como assim? Tá, eu levo!"

Assim que ele chegou (tarde, bem tarde) eu fiz o teste! Mas a segunda listra estava tão fraquinha que eu cheguei a achar que era ilusão da minha cabeça.

Fui dormir! Precisava descansar.

No dia seguinte, comprei mais um teste. E lá estava ela... A segunda listra bem visível, para quem quisesse ver! Sai do trabalho e fui fazer o exame de sangue.

POSITIVO!

Enfim, Arthur ganharia um irmão!

Naquele momento senti um misto de coisas! A realização de um sonho, a incerteza do futuro, a alegria de gerar outra vida, o receio do "será que dou conta?", a esperança de "dessa vez ser diferente" e o medo do "e se o Arthur não quiser um irmão?".

Foram nove meses de muita expectativa! Uma gravidez completamente diferente da primeira! Os sintomas e o desenvolvimento até que bem semelhantes, mas a forma de encará-la, a maneira como eu planejava que Matheus chegasse ao mundo, eram bem diferentes.

Eu sabia que seria um grande momento e que eu deveria estar preparada para ele.

Graças a Deus encontrei uma equipe sensacional que meu todo o suporte, não só clínico, mas principalmente emocional, para conseguir levar a gestação da maneira mais saudável tanto para mim quanto para o bebê.

Dessa vez, seria Matheus quem decidiria o dia e a hora que chegaria.

Foi só na segunda gestação que eu entendi o que significa SE EMPODERAR!!!

E tudo que eu vivi serviu para me dar forças até o último instante grávida!

Apesar de já saber como as coisas aconteceriam, eu consegui curtir muito mais a gravidez do Matheus pois com o Arthur foi tudo na base do susto e da correria! Quando vi, já estava deitada em uma maca, sedada, sem meu bebê na barriga.
Por isso, na segunda vez, tudo seria diferente!

CONTINUA...

Nenhum comentário:

Obrigada! Sua participação é muito importante!

Tecnologia do Blogger.