MATRÍCULA, REMATRÍCULA, ESCOLHA DA ESCOLA, E AGORA?

O final do ano chegou e com ele mil e uma preocupações e decisões a serem tomadas!
Entre elas, chega em casa o contrato da rematrícula! É o momentos de decidir se a criança permanece ou não na escola. Se seu filho ainda não estuda, chega a hora de sair conhecendo as escolas e decidir qual é a melhor.
Imagem retirada do google
Acho engraçado a estratégia de muitas escolas. Elas seguram as informações até o último instante. Você pergunta, questiona e eles dizem: 
"Calma mamãe, os valores ainda serão acertados e logo logo enviaremos para os pais".

A circular da rematrícula chega e você tem exatos 6 dias para tomar sua decisão, caso contrário, aqueles valores aumentam, você perde o bônus, a promoção, o desconto...

Se você está indecisa quanto a deixar seu filho na mesma escola, a situação complica pois além de ter um tempo curtíssimo para se decidir, ainda precisa sair correndo atrás de outras escolas, analisar, comparar e decidir.

O tempo passa, você se decide depois que passou o tal prazo. Você marca uma reunião com a diretora da escola e sai de lá pagando o valor da promoção, com abatimento no valor do material, uniforme parcelado, matrícula pela metade do preço e a primeira mensalidade com desconto de 10%.

E você vivendo a maior pressão do mundo pra nada...

Alguém já passou por esse momento?

É claro que como uma empresa, a escola deve pensar em lucrar, crescer e prosperar. Mas vejo por ai muitas escolas que de escolas possuem só o nome (e olhe lá). Estão mais preocupadas na data em que você fará o pagamento ou nas milhares de taxas inclusas em cada aspecto (matrícula, transporte, cantina, uniforme, atividades extras...).
Tem escola que pede o holerite dos pais para ter certeza que eles conseguirão bancar o ano letivo!

E os aumentos? Gente, daqui a pouco precisaremos daqueles "créditos estudantis" que as faculdades fazem para conseguirmos pagar a educação infantil... Não é brincadeira não... Hoje em dia, as escolas já estão mais caras, mas parece que está cada vez pior! Os preços estão absurdos. E geralmente a conta é só para o período regular (cerca de 4 ou 5 horas)!
E a quantidade de famílias que hoje precisam do horário integral é enorme, com isso, acabam desembolsando valores exorbitantes só no quesito educação!

Ano que vem, Matheus irá para a escola também. Estamos há alguns meses pensando nas opções que temos, pois tudo será multiplicado! Ao colocarmos na ponta do lápis, quase tivemos um colapso nervoso! 
Realmente, hoje em dia, você conseguir oferecer uma "boa vida" para sua família, exige um esforço financeiro tremendo!
Eu penso que educação é investimento. Sempre escutei isso da minha mãe. Ela me dizia que se precisasse trabalhar lavando pratos, ela o faria para poder pagar meus estudos.
Hoje sou muito grata à minha família por me oportunizar uma educação tão boa, que com certeza fez toda diferença em minha formação.

Mesmo assim, não está fácil bancar tudo. É preciso muito planejamento financeiro, muuuuito trabalho e muita paciência para conseguir tomar as melhores decisões!

Além da questão financeira, outro aspecto muito importante é o psicológico da criança. Ela está bem na atual escola? Ela precisa mudar de escola? A mudança não será brusca demais? 
Ano passado Arthur passou por esse momento e foi algo muito difícil para ele. Precisou trocar de escola mas até hoje pede pela sua antiga professora, por seus amigos, pela sua outra escola. Não gostaria de trocá-lo de escola novamente tão cedo, para que ele não passe por outra mudança tão pesada. Mas e se não dermos conta de pagar a escola para ele e para Matheus? 

Precisamos de cartas na manga para lidar com as mais diferentes situações, pois escola é assunto sério! Escola é o local onde seu filho formará muito de sua personalidade, onde se desenvolverá durante anos e por isso precisa ser um local seguro, de qualidade e que atenda todas as necessidades de uma criança!
Aliás, eu já falei aqui sobre os aspectos que eu acho importantes na hora de escolher a escola do seu filho!

Quem ai está vivendo esse momento?
Quais são suas maiores dificuldades?
O que tem achado dos preços e qualidade das escolas??

Nenhum comentário:

Obrigada! Sua participação é muito importante!

Tecnologia do Blogger.