DICAS PARA A VOLTA ÀS AULAS

As férias enfim chegaram ao fim e a gente não sabe se chora ou comemora não é verdade?

Nas férias a gente pode curtir os filhos sem hora para as coisas, pode passear, viajar, fazer bagunça, dormir mais tarde...

Quem é mãe sabe que nessa época ficamos mais exaustas do que normalmente! Entreter uma (ou mais) criança por mais de um mês seguido em casa não é tarefa fácil, mas a gente vai driblando!

Agora, as aulas começam e para muitas mães bate aquele "alívio" de poder voltar à rotina, ter um tempo para si, para trabalhar, ou fazer qualquer outra coisa, sabendo que os filhos estão bem!

Mas esse período também é bem complicado para muitas famílias pois envolve todo um processo de adaptação da criança (e dos pais) à escola. 
Mesmo se a criança já frequentou, já conhece o espaço, a turma, a professora, voltar de férias não é fácil e leva um tempo até ela se acostumar.

Sendo assim, reuni algumas dicas para quem vai enfrentar esse período, vamos lá?

- Demonstre segurança e alegria ao se referir à volta às aulas
Crianças são extremamente sensíveis e sabem quando nós estamos nervosas, ansiosas, tristes... Se demostramos essa insegurança, elas já iniciam o processo nervosas, com medo de irem para um lugar no qual seus pais se referem de forma tão "estressante".

- Faça com que a criança participe da organização do material, roupas e tudo que envolve a escola
Crianças adoram material escolar. Deixe que ela participe da escolha, organização de tudo que vai envolver sua vida escolar, assim ela vai se acostumando com o novo momento.

- Explique o que vai acontecer, não importa a idade da criança
Crianças entendem o que nós falamos, mesmo as mais novas. E isso é essencial para o processo de amadurecimento dela. Se preciso repita todos os dias "Nós vamos para a escola, onde você encontrará seus amigos, a professora e vai aprender muitas coisas novas, vai brincar e se divertir!".

- Estabeleça uma rotina para que a criança entenda seus horários e deveres
Crie hábitos que definam os momentos do dia. Escreva-os em uma lousa, ou apenas repita-os continuamente. A criança passará a entender que tem horários e deveres a cumprir e a escola fará parte dessa rotina para ela.

- Conheça a equipe da escola que lidará direta ou indiretamente com seu filho
Procure conhecer o máximo de pessoas dentro da escola. Isso trará segurança à você e consequentemente à criança.

- Conheça a proposta pedagógica
Esse é um item essencial pois é por ele que você acreditará na proposta da escola. Entender e apoiar a metodologia de ensino é meio caminho andado, pois a escola e você falarão a mesma língua e isso é fundamental!

- Procure conhecer os colegas da turma e principalmente a professora
Essa aproximação torna o trabalho da escola mais gostoso, faz com que laços sejam criados, amizades sejam feitas. E tem coisa melhor do que estar em um lugar onde existem pessoas que gostamos? A criança adorará poder estar sempre perto de grandes amigos!
imagem retirada da internet

- No momento de deixar o filho, seja firme e não demostre tristeza
Na despedida, seja breve, objetiva e alegre! Saiba que seu filho ficará em um lugar legal, com pessoas bacanas e que irá se divertir até que você volte para pegá-lo. 
Quer chorar? Espere que seu filho não esteja vendo! O coração aperta mesmo. Ficamos ansiosas, emocionadas... Mas como já disse, crianças são sensíveis e o que deve passar na cabecinha delas ao ver a mamãe chorando por deixá-las em um lugar, novo, diferente? Feliz elas não ficarão certo?

- Coloque na mochila da criança algum objeto de referência
Muitas escolas permitem (e as que não permitem, deveriam permitir) que nas primeiras semanas, a criança traga de casa algo que goste. Um brinquedo, um paninho, a chupeta. Esses objetos servem de referência principalmente nos momentos de choro. Eles trazem conforto e segurança.

- Veja se a escola realiza o período de adaptação 
Esse período é de extrema importância, principalmente para as crianças que nunca frequentaram a escola antes. 
Acostumá-la aos poucos com a nova rotina faz com que o momento não seja tenso. Muitas escolas já desde o primeiro dia fazem com que a criança fique o período todo, sem a presença de algum responsável e isso pode ser muito traumático.
Geralmente, as escolas iniciam com o horário reduzido e pedem para algum familiar permanecer por perto caso a criança chore. Esse é um processo super favorável para a adaptação.

- No final do dia converse com seu filho
Pergunte como foi o dia, as atividades que ele fez, os amigos que encontrou, o que mais gostou...

- Se sentir necessidade  converse com a equipe pedagógica
Às vezes, nós mães e pais (avós e avôs também kkk) é que precisamos de um período de adaptação e a escola deve estar preparada para isso. Caso se sinta insegura, converse com a coordenação ou direção da escola. Exponha seus medos pois a partir daí criará um bom vínculo com a escola e com certeza poderá escutar bons conselhos de quem vive isso por muito tempo!

- Saiba que as crianças se adaptam muito mais rápido do que nós adultos
Pois é. Nós nos remoemos por dentro e nossos filhos muitas vezes se adaptam tão rápido que mandam a gente ir embora da escola não é verdade?
Lembre-se que tudo o que é novo causa medo, mas passa! 

Espero que tenham gostado das dicas!
Um ótimo início de ano!
Fiquem com Deus!

Nenhum comentário:

Obrigada! Sua participação é muito importante!

Tecnologia do Blogger.