FESTA DE ANIVERSÁRIO | MATHEUS 2 ANOS | PARQUE

Olá pessoal! Tudo bem?
Com o meu sumiço no blog, acabei deixando de lado muitas coisas bacanas que queria compartilhar com vocês!
Quem me acompanha no canal do Youtube viu que eu postei o vídeo do aniversário do Matheus (que foi em maio =/) e também tem lá um vídeo que eu conto sobre os preparativos para a festa.
Vasculhando o blog, vi que fiz uma postagem super fofa sobre o aniversário do Arthur de 2 anos e pensei, poxa, não fiz nada para o Matheus nem para quem me acompanha por aqui!

Então, hoje quero mostrar para vocês um pouco da festa dele e falar sobre a nossa escolha pelo parque, além de dar algumas dicas e motivos do porquê escolher um parque para um aniversário.

Bom, para começar vamos às dicas!

Porque escolher um parque:

*Local gratuito
*Espaço amplo
*Prático
*Diferente
*Você não precisa limitar tanto o número de convidados

O que não esquecer:

*Checar a previsão do tempo e ter um plano B na manga
*Se optar pelo "cada um leva o seu", avisar com antecedência aos convidados
*Optar por comes e bebes "fáceis" e práticos, que não precisem de muita refrigeração nem aquecimento
*Visitar o parque antes da festa 
*Escolher um local calmo, plano, próximo à banheiro ou brinquedos
*Pensar na logística para levar tudo o que precisa. Às vezes o local da festa é longe do portão de entrada e você precisará de longas viagens carregando as coisas
*Convocar a família para ajudar!!!!

Agora quero contar como foi a nossa experiência.

No aniversário do Arthur de 2 anos, meu marido (sempre muito criativo), teve a ideia de fazermos no parque e realmente foi um sucesso.
Com 2 anos, as crianças ainda não entendem muito sobre "uma festa só para eles" e eu (EU) acho que buffet ainda é cedo, pelo gasto para os pais e pelo significado para a criança.
Sendo assim, resolvemos repetir a ideia com Matheus. Seu primeiro aniversário foi em casa, uma festa para a família e amigos, com tema, decoração, comes e bebes e tudo que temos direito, assim como foi o do Arthur.
Quando fomos pensar no segundo aniversário, pensamos primeiramente na época do ano. Com Arthur, a festa aconteceu no início da primavera, então o tempo não estava tão quente nem tão frio. Com Matheus, já ficamos receosos pois seria no outono então corríamos o risco de estar chovendo e/ou muito frio.
Confesso que isso me deixou bem apreensiva o que quase nos fez desistir. Mas depois de pesquisar em uns 10 sites de previsão do tempo, vimos que o tempo estaria bom, um pouco frio, mas nada que impedisse a festa.
Através da primeira experiência, aprendemos que levar pães de metro não era uma boa ideia já que eles "sambavam" no carro e na hora de levá-los ao local era um tormento pois não conseguíamos carregar mais nada (já que precisávamos ficar equilibrando os pães) e isso nos deu muito trabalho...
Então pensamos em outra alternativa.
Cotamos em várias padarias o preço dos mini lanches e vimos que valeria a pena, então encomendamos 4 sabores com 20 pães de cada (se não me engano) e eles viriam embalados em uma cesta.
Compramos frutas, fáceis de serem transportadas e comidas, como uva, banana, maçã e melancia (já fatiada - comprei assim no mercado).
Também compramos alguns salgados pois como iriam várias crianças, corria o risco de algumas não gostarem de pães. O único problema é que eles esfriam rápido e não há lugar para esquentar. =/
Todas as comidas encomendamos antes e pegamos no dia da festa.
De bebidas, levamos sucos (em caixinhas), água e algumas cervejas.
Tínhamos alguns isopores grandes e usamos para carregar as coisas.
O bolo, minha sogra que nos deu. Ele foi feito por uma senhora e embalado individualmente no papel alumínio e colocado em saquinhos.
Os doces encomendamos de uma doceria.
Uma tia nossa nos deu o galão do gás hélio e com ele enchemos  bexigas coloridas para decorar e identificar o local. Também levamos algumas toalhas para as mesas e para o chão.
Um palhaço, o Costelinha, praticamente da família, foi fazer a animação da galera. Infelizmente seu parceiro, Pincel não pôde ir.

E de parte prática foi isso.

A festa em si foi uma graça. Matheus amou e se divertiu muito. Por já ir à escola (coisa que Arthur não fazia no seu aniversário), mais crianças foram e foi muito bacana!!
O dia não estava dos mais quentes, tinha um pouco de vento, mas deu para aproveitar bem!
Ah! Também escolhemos o Parque Villa Lobos para a festa. É um parque grande, com uma variedade enorme de espaços, quase nunca está lotado e tem muitas partes planas, com lindas paisagens. Ele possui um espaço para os piqueniques, mas escolhemos o mesmo local da festa do Arthur, por acharmos mais gostoso e tranquilo.

Enfim, foi uma festa muito gostosa!
Economizamos um pouco, tornamos o trabalho prático, conseguimos ter um momento gostoso com os amigos e divertimos a garotada, conclusão: sucesso total!

Se você quer inovar, sem gastar tanto, fazer uma festa no parque pode ser uma ótima pedida o que acha?



0 comentários:

Postar um comentário

Obrigada! Sua participação é muito importante!