4 DICAS PARA SE PREPAR PARA O PARTO

Depois de duas experiências completamente diferentes, eu aprendi que parto é para ser vivido e que nem sempre aquilo que planejamos acontece, mas a certeza é que esse é um dos momentos mais importantes na vida de uma mulher, então ela precisa estar sim preparada! Tanto para o previsto quanto para o imprevisto!

Imagem retirada da internet
Sendo assim, reuni algumas dicas que eu acho fundamentais para que uma mulher se sinta segura e preparada para o momento do nascimento do seu bebê! Vamos à eles:

1) Tenha um PLANO DE PARTO

O obstetra que acompanhou a gestação do Matheus me disse algo que me marcou muito durante a consulta em que levei o meu plano de parto (tem post aqui contando como eu preparei o meu):
- Eu acho sim super importante que a mulher tenha um plano de parto, mas que ela não se apegue a ele pois parto é mais surpresa do que certezas! Viva o seu parto! Esteja preparada, mas viva-o intensamente!

E isso fez muito sentido pra mim. Eu tinha me apegado tanto nas "condições" que escrevi lá que esqueci do mais importante, deixar o momento acontecer!

Mas sim, eu acho importante que a mamãe tenha o seu plano, pois através dele ela aprenderá um pouco mais sobre o momento e as coisas que podem (ou não) acontecer.Nele, ela pode expressar seus desejos, como a música que quer escutar, se quer entrar na água ou não, os procedimentos que aceita ou não receber, até porque no momento do parto estamos, geralmente nervosas e parar para pensar nesses detalhes não é a nossa prioridade!

Ah! Saiba também que podemos mudar de ideia durante o parto! E, por exemplo, queria ficar na banheira, mas na hora do parto, a água me dava agonia e eu quis distância dela!

2) Prepare seu PSICOLÓGICO

É muito importante estar calma e tranquila esperando pelo parto e saber que sim, você sentirá dor, ficará mais vulnerável e muito sensível!
Então é essencial buscar por BOAS INFORMAÇÕES, ir atrás de um conteúdo de qualidade sobre parto, pois hoje o que não faltam são mentiras disseminadas pela internet e muito "pavor" para amedrontar as mães. Sendo assim, a equipe que vai te acompanhar tem um papel importantíssimo pois ela te dará a confiança e segurança durante toda a gestação o que culminará em um parto saudável!
A troca de experiências é uma ótima oportunidade de se preparar também! Ouvir histórias e relatos dará uma visão parcial do que pode acontecer, mas lembre-se, você, seu corpo e seu bebê são únicos portanto o seu momento será único também!
Quando estamos psicologicamente preparadas, nos empoderamos e nos damos conta do quão forte e capaz somos! (E após o parto triplicamos esse sentimento!!)

Olha que interessante, quando engravidei do Arthur, imatura de tudo, segui fielmente as regras do médico, mais um daqueles "cesaristas" que fazem de tudo (ou fazem nada) para te levar a uma cesárea. Na época, não fui atrás de informações e acreditava em tuuuudo o que ele dizia. Vejam, aqui, o relato do meu primeiro parto. Relendo, meu estômago até embrulhou...
Aqui, faço um relato desse parto após buscar informações de qualidade...Vejam a diferença!

Tenho certeza de que meu preparo psicológico durante a gestação foram essenciais para que eu conseguisse encarar o parto surpresa do Matheus tão bem!

3) Prepare seu CORPO
Apesar de saber o quanto a natureza é perfeita e faz com que o nosso corpo responda aos "chamados" da hora do parto, eu acredito que um bom preparo físico contribua muito para um parto mais "tranquilo".
Ginástica, boa alimentação, epino terapia (é uma ginástica "localizada",para o períneo), são algumas coisas que podemos fazer para ajudar o nosso corpo, afinal são muitas transformações acontecendo em um espaço de tempo curtíssimo! E o momento do parto exige um esforço tremendo, estar bem preparada, ajuda bastante!
Preparar nossa estrutura corporal para a passagem do bebê, preparar especificamente o canal por onde o bebê passa, ajuda a não termos tantas intercorrências (como lacerações, dores muito fortes, etc).
Mas lembre-se, cada corpo é um corpo e tem um ritmo diferente, respeite o seu tempo!

4) Prepare seu BOLSO
Acho que essa é a parte mais chata... Mas sim, infelizmente, se você quiser ter um parto digno,você precisa ter uma reserva financeira. Ainda são poucos e raros os serviços públicos que oferecem um atendimento de qualidade, desde os pré-natais até o parto. Estamos começando a caminhar para uma mudança, mas ela é longa e árdua.
Muitos bons médicos não atendem nem por convênios, então é preciso desembolsar uma boa grana para bancar as consultas e o parto - que é bem salgado!

Minha maior dica:
Procure um médico de confiança, invista nesse seu momento, com certeza valerá a pena!!

Se você é novo por aqui e quer saber como foi o parto do Matheus, clique aqui

Espero que tenham gostado das dicas!
Beijos e fiquem com Deus!

0 comentários:

Postar um comentário

Obrigada! Sua participação é muito importante!