COMO IDENTIFICAR CISTO NO OVÁRIO

A saúde da mulher tem uma série de particularidades que devem ser levadas em consideração, visando melhor qualidade de vida. Por conta disso, é de extrema importância que a mulher faça visitas periódicas ao seu ginecologista, de maneira a ter certeza que sua saúde está em dia, isso porque muitas doenças e problemas femininos podem existir sem se manifestar de forma expressiva, como é o caso do cisto no ovário.
imagem retirada da internet - Google

O que é um cisto no ovário?

Ainda que seja mulher, nem tudo é do seu conhecimento, mas vale a pena se atentar a essas questões de saúde. Então, para você que não sabe o que é um cisto no ovário, saiba que o mesmo é como se fosse uma bolsa formada, geralmente, por um líquido, gerando certo inchaço. Ele pode ficar na superfície ou na parte interna do ovário.

De maneira geral, quando ocorrem os cistos, em poucas semanas eles acabam desaparecendo de forma espontânea. Agora, quando isso não ocorre, é bastante provável que gere certo desconforto para a mulher, trazendo alguns sintomas à tona.

Identificando os sintomas dos cistos

Quando eles são muito pequenos, a tendência é desaparecer com o tempo e a mulher acaba nem sentindo nada. Agora, a medida que ele aumenta de tamanho, os sintomas começam a serem despertados na mulher e os mesmos não são nada agradáveis.

Dentre os principais sintomas dos cistos estão:

· Dores na região da pelves antes e depois da menstruação;
· Ter irregularidades na menstruação;
· Inflamação abdominal;
· Dores durante o ato sexual;
· Sentir as mamas mais sensíveis do que o normal;
· Dores abdominais de maneira constante que se espalham pelas pernas ou costas;
· Sentir náusea ou ter vontade frequente de vomitar;
· Pressão na região da bexiga e do reto.

O diagnóstico

Diante da presença de um ou mais sintomas, é de extrema importância que visite o seu médico ginecologista. Com o seu relato, o médico poderá imediatamente fazer um exame pélvico que poderá identificar a presença ou não de cistos. Caso haja, é bastante provável que o médico solicite exames mais aprimorados para saber o tipo de cisto e assim verificar o melhor tratamento para a mulher.

Dentre os exames que podem afirmar a presença de cisto no ovário estão: a ecografia, o ultrassom, a tomografia computadorizada, a ressonância magnética ou ainda, os estudos de fluxo. E, por precaução, o médico pode solicitar também um exame de sangue, em caso de suspeita, de câncer de ovário.

Hoje em dia, graças aos avanços na medicina, na própria consulta, utilizando um dos exames mais simples que é o ultrassom, o médico já consegue identificar a presença ou não do cisto no ovário e até mesmo identificar o tamanho e a forma do mesmo.

De toda forma, fique sempre atenta aos sintomas e faça sempre um check-up, pelo menos, uma vez ao ano para evitar surpresas desagradáveis, afinal de contas, cisto no ovário é algo que tem tratamento e, quanto mais rápido for visto, melhor de ser tratado. Então, diante dos sintomas, esteja atenta. Cuide-se, afinal de contas, com saúde não se brinca!

Nenhum comentário:

Obrigada! Sua participação é muito importante!

Tecnologia do Blogger.